Alerta: falsas ofertas de emprego podem roubar os seus dados bancários

Com a alta do índice de desemprego no Brasil – que atingiu 13,3% no segundo trimestre, de acordo com o IBGE -, a Kaspersky alerta sobre os cuidados para não cair em falsas ofertas de trabalho que circulam na internet. Desde 2019, a empresa de cibersegurança tem detectado um elevado número de e-mails spam que utilizam este tema como isca para roubar dados sigilosos das vítimas. Um dos métodos mais usados são mensagens que levam os usuários a instalar trojans bancários em seus dispositivos. Uma vez ativados, esses malware capturam informações privadas e financeiras que permitem aos criminosos cometer diversas fraudes.

Saiba mais

Cresce o nível de maturidade digital das marcas no Brasil, segundo ranking da Isobar

Internet banking: Como acessar a internet banking?

A perigosa fraude no WhatsApp que rouba seus dados pessoais

NIS número de identificação social: O que é o NIS e quem tem direito?

O analista sênior de segurança da Kaspersky, Fabio Assolini, ressalta que, neste momento de grande sensibilidade, os golpes utilizando a temática do emprego tendem a ser ainda mais frequentes. Segundo o especialista, os cibercriminosos brasileiros são conhecidos por adaptar rapidamente os seus ataques aos assuntos em alta no momento. Como exemplo, ele lembra do c rescimento dos ataques de phishing nas primeiras semanas de pandemia, que, em grande parte, aproveitavam-se do desespero da população para disseminar falsas ofertas de serviços e até mesmo de auxílios do governo.

“O contexto da pandemia trouxe duas situações favoráveis para o aumento deste golpe: mais pessoas estão à procura de emprego e os contatos estão sendo feitos quase sempre pela internet. As ferramentas de recrutamento online vêm ajudando muitas pessoas a se realocarem no mercado neste momento de crise. Porém, como tudo que permeia a comunicação na internet, exige maior atenção contra pessoas mal intencionadas”, explica Assolini.

Para evitar cair em golpes como esses, o especialista da Kaspersky recomenda alguns cuidados na hora de lançar as candidaturas em rede:

• Preferencialmente, cadastre o seu currículo apenas em sites de recrutamento certificados e que sigam protocolos de privacidade, ou nos próprios canais de comunicação das empresas contratantes.

• Não forneça dados pessoais – como endereço, e-mail, telefone ou data de nascimento – em espaços públicos, como grupos abertos em redes sociais. Além de permitir que cibercriminosos utilizem essas informações para aplicar os seus golpes, pode levar o usuário a correr o risco de ter a sua identidade roubada.

• Caso deseje compartilhar o seu currículo em mídias digitais, aplique os filtros necessários para controlar quem pode acessá-lo. Inclua neste documento apenas dados pessoais básicos, e coloque como contato apenas e-mail e telefone profissionais, ou links para outros perfis em redes sociais. Assim, o candidato evita que os seus contatos particulares, endereço ou data de nascimento caiam em mãos erradas.

• Se receber ou encontrar uma vaga em qualquer outro canal (mídia social ou e-mail), antes de abrir ou baixar qualquer arquivo, pesquise a empresa e o recrutador com quem você tem contato para verificar se as informações fornecidas são verdadeiras.

• Tenha sempre instalada uma boa solução de segurança em seu dispositivo. Uma dica é o Kaspersky Internet Security , que oferece proteção contra phishing, evitando, assim, que o usuário tenha o seu dispositivo infectado ao clicar em links maliciosos.