André Brandão deve assumir como novo presidente do Banco do Brasil

Banco do Brasil

O Banco do Brasil deve ter um novo presidente nos próximos dias. Trata-se do executivo André Brandão, de acordo com informação publicada pela Reuters no final da noite do último sábado (1º).

Saiba mais

Auxílio Emergencial: movimentações com cartão virtual atingem 77% das operações

PROTESTE orienta consumidor sobre fraudes ao comprar pela internet

Magalu compra startup que conecta fabricantes a consumidores finais

Febraban publica pesquisa sobre o brasileiro e a retomada econômica

INSS regulamenta mudanças em empréstimos para aposentados e pensionistas

Iniciativa para retomada econômica deve criar um milhão de empregos em obras públicas

RedeMed firma parceria com a Joinkey para controle de vendas com cartão de crédito

A escolha acontece após o então presidente Rubem Novaes entregar a carta de demissão na última semana. De acordo com a fonte entrevistada pela Reuters, Brandão já aceitou o convite. “Ele tem um perfil ‘a lá’ Roberto Campos Neto. É jovem e tem uma cabeça pronta para dinamizar, modernizar e digitalizar o banco”, afirmou a fonte, em referência ao presidente do Banco Central.

“Além disso, é um banqueiro experiente, competente, técnico, discreto e apolítico”, acrescentou o interlocutor.

O Ministério da Economia não confirmou a informação sobre a escolha do novo presidente do Banco do Brasil

Perfil do futuro presidente

André Brandão trabalha a cerca de duas décadas com mercado financeiro e já passou por bancos como HSBC, Citi, entre outros. Informações publicadas pelo Valor Econômico e O Globo já mostravam que o ministro da Economia, Paulo Guedes, deu aval para a nomeação de Brandão, mas o anúncio oficial deve acontecer nos próximos dias.

O governo vinha buscando por executivos com formação em finanças e tecnologia para lidar com uma concorrência mais acirrada entre bancos e fintechs. O ex-presidente do Banco do Brasil Rubem Novaes deve assumir uma função no Ministério da Economia.