Apple adquire divisão de modems da Intel por 1 bilhão de dólares

 (Foto: Reprodução/Getty Images)

Nessa quinta-feira (25), a Apple anunciou a compra da divisão de modems de smartphone da Intel, principal empresa criadora de processadores de computadores e notebooks e uma das líderes deste mercado. A operação foi avaliada em 1 bilhão de dólares (mais de 3 bilhões de reais na cotação atual).

Além disso, a empresa fabricante do iPhone e iPad informou que deve contratar quase 2.200 funcionários da Intel para se juntar a Apple, que também incluem propriedade intelectual e equipamento. A negociação ainda precisa ser aprovada por órgãos regulatórios.

Esta não é a primeira vez que ouvimos sobre o interesse da Apple na divisão de modems da Intel. Este interesse da empresa norte-americana se dá ao fato de melhorar e aperfeiçoar a experiência 5G para os usuários de seus smartphones. A ideia é ter o controle total das tecnologias primárias presentes em seus produtos.

Esta aquisição deve encerrar a dependência da Apple da Qualcomm, a principal líder no ramo de chips. Em abril, as duas empresas estiveram na justiça pela divisão de lucros em sua parceira. A Apple acusava a Qualcomm de cobrar altas taxas de licenciamento de patentes de tecnologia. Um acordo de licenciamento com validade de seis anos foi firmada pelas empresas após o processo entrar na Justiça. Em seguida, a Intel disse que não fabricaria mais modems 5G para smartphones.

Isso também deve ao fato de que a Intel entrou no ramo de modems há dez anos depois de comprar a empresa chamada Infineon. No entanto, a Intel sempre ficou atrás da Qualcomm no ramo de smartphones. Os iPhones, por exemplo, tiveram chip de internet móvel da Qualcomm. Só nos últimos anos que a Apple começou a diversificar e contar com telefones com chips das duas empresa, com a opção da Inter oferecendo performance menor.



Saiba se você tem dinheiro para sacar no Fundo PIS/Pasep


Mesmo com esta aquisição, a Intel continuará na produção de tecnologias para modem de computadores, veículos autônomos e dispositivos de IoT (Internet das Coisas). Um comunicação do CEO da Inter, Bob Swan, esclareceu como foi esta negociação com a Apple.

“Este acordo permite que nos concentremos em desenvolver tecnologias para redes 5G, enquanto mantemos nossa propriedade intelectual crítica e tecnologias de modem que nossa equipe criou”, disse.

“Trabalhamos com a Intel por muitos anos e sabemos que essa equipe compartilha da paixão da Apple pela criação de tecnologia que oferecem as melhores experiências do mundo aos nossos usuários”, esclareceu Johny Srouji, vice-presidente de tecnologias de hardware da Apple.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.