As Aplicações Financeiras para os Brasileiros em 2021

Aplicações Financeiras

Por vários motivos, 2021 promete ser um ano muito dinâmico em investimentos.

Com o início da vacinação anti-covid em grande escala, muitos analistas preveem um retorno da economia durante o ano. Naturalmente que vão existir muitos desafios, há todo o conjunto de apoios governamentais e empréstimos bancários que ‘alguém’ terá de pagar. Mas o clima adivinha-se positivo e iremos falar das melhores aplicações financeiras de acordo com seu perfil de investidor.

Como sei qual o meu perfil de investidor?

É uma excelente pergunta e deverá ser a primeira coisa a saber. O seu perfil é que irá indicar qual o tipo de investimento se adequa mais. Neste artigo tem um link onde pode ficar a conhecer seu perfil de investidor. De forma geral, existem 3 tipos de perfis de investidor:

Perfil Agressivo

Tem conhecimento do mercado e está disposto a correr riscos e ciente deles. O objetivo é sempre buscar uma maior rentabilidade, com vista a multiplicar seu património num longo prazo.

No entanto, não significa que tenha todo o património investido em ativos de risco. Quem tem o perfil agressivo também deverá ter uma parcela em aplicações mais conversadoras.

Alguns dos investimentos mais adequados para este perfil são:

  • Ações
  • ETFs
  • Opções Binárias
  • Fundos Imobiliários
  • Criptomoeda

Perfil Moderado

Sem nunca descurar a segurança, o investidor moderado vai buscar uma rentabilidade superior, assumindo riscos que ficam um pouco acima da média do mercado. Porque entendem como funciona o mercado, têm a paciência necessária para obter lucros no espaço de 3 a 5 anos.

Procuram segurança por isso tendencialmente suas perdas são controladas.

Sugerimos para este tipo:

  • LCI
  • LCA
  • ETFs
  • Fundo de Renda Fixa
  • Fundo de Ações

Perfil Conservador

Como indica o nome, este tipo retrata as pessoas que querem, acima de tudo, ter um investimento previsível. O intuito é não ter perdas. Não querem correr riscos e aceitam um retorno inferior. Não toleram a falta de liquidez e desejam ter o seu dinheiro disponível para o usar, se for necessário.

Para este tipo, sugerimos:

  • Tesouro Direto
  • LCI
  • LCA
  • Previdência privada
  • Certificados de Depósito Bancário

Aplicações Financeiras mais rentáveis no Brasil em 2021

Agora que explicamos um pouco sobre qual será o seu perfil de investimento, vamos falar do que realmente interessa, qual a melhor opção para você investir em 2021.

Opções Binárias

As Opções Binárias têm nos feito companhia desde 2008, e nos últimos anos foi um produto financeiro que ‘amadureceu’, ficando mais seguro e regulado. Felizmente continuam a ser muito interessantes do ponto de vista do retorno, podendo ser alto e rápido.

Para isso convém lhe explicar sucintamente o que são. Nas Opções Binárias, você aposta na subida ou descida do preço de um ativo. Você aposta que o preço vai subir ou descer dentro de um espaço de tempo, 1 minuto, 15 minutos, 1 hora, etc.

Acertando sua previsão você recebe em média 80% de lucro. E caso perca, perderá apenas o valor que foi apostado naquela operação individual.

Extremamente dinâmico e volátil, este é um tipo de investimento mais indicado para quem tem um perfil agressivo, podendo mesmo ser divertido de operar.

Criptomoeda

Quem nunca ouviu falar em Bitcoin? Pois essa é a primeira e mais famosa criptomoeda, mas existem centenas mais.

O ano de 2021 iniciou com recordes históricos dos preços do Bitcoin e Ethereum, entre outras moedas, por isso promete ser um ano com imensas oportunidades.

Um mercado que tem crescido exponencialmente, ainda com imensa volatilidade, muito ao gosto de quem tem um perfil agressivo. Amplamente conduzido pela clássica linha da oferta e da demanda, com muita especulação à mistura, atualmente é menos arriscado do que nos anos anteriores, mas ainda é um ativo de alto risco.

LCI e LCA

A Letra de Crédito Imobiliário (LCI) ou a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), são títulos que são emitidos por bancos ou instituições financeiras. São muito similares e ambos protegidos pelo Fundo Garantidor de Créditos. Os valores aplicados serão revertidos para os setores imobiliário e para o agronegócio, cooperando para o desenvolvimento do país. 

Têm uma alta segurança e previsibilidade, adequados ao perfil conservador e, eventualmente, ao perfil moderado também.

Certificados de Depósito Bancário

De uma forma simples, neste investimento você empresta seu próprio dinheiro ao Banco.

O Banco emite essas aplicações (CDB) com o intuito de captar recursos para financiar suas atividades e/ou fazer melhorias.

E como é um investimento de baixo risco – aqui também existe o Fundo Garantidor de Créditos que o protege – não há problema se o Banco quebrar.

Os CDB são mais indicados para quem tem um perfil conservador.

Tesouro Direto

Ao falar deste investimento, estamos a emprestar dinheiro ao Governo Federal, sob a forma de títulos públicos federais. Acaba sendo um dos investimentos mais procurados por todos. Se entendeu como funciona o CDB, aqui é muito similar.

Os mais conservadores vão ver este investimento como uma preferência, mas inclusive os moderados e os agressivos podem e devem ter cerca de 20% de património aqui investido, para alguma segurança.

O governo coloca esses títulos no mercado financeiro quando deseja financiar suas dívidas internas e precisa de liquidez. Em troca, o investidor receberá esse dinheiro com juros, em uma data predeterminada.

A segurança é alta e a previsibilidade é rigorosa. Acaba sendo uma das aplicações financeiras mais rentáveis a nível de renda fixa. 

Combinar investimentos é muitas vezes a melhor solução

Os perfis de investidor de que falamos não são caixas estanques.

Por isso, muitas vezes ter um portfolio combinado é o recomendado.

Independentemente do seu perfil, o ideal é criar uma carteira onde combine algumas das opções que lhe apresentamos.

Monte a sua carteira de acordo com o seu perfil de investidor, tendo por hábito reservar algumas pequenas parcelas para investimentos de maior ou menor risco, de acordo com o seu perfil base.