Bancos apresentam queda em lucros durante primeiro trimestre de 2020

Consórcio Bancos

Os principais bancos do Brasil apresentaram nas últimas semanas seus resultados de lucro no primeiro trimestre de 2020. Nas projeções mostradas por cada instituição, a perspectiva foi de queda na arrecadação, mostrando o reflexo da crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Saiba mais

Flexibilização pode auxiliar negócios, mas impactos na economia serão sentidos a longo prazo

Banco Central regulamenta o ‘open banking’ no Brasil

Caixa abrirá conta digital para quem teve problema em receber os R$ 600 em outro banco

Nubank deve liberar pagamento via NFC pelo seu aplicativo

Cartões Mais Barato – Os 11 melhores cartões de crédito do Brasil

Parcelamento do cartão de crédito: entenda como funciona e se vale a pena

Itaú

Nos dados divulgados pelo Itaú, o banco teve um lucro de R$ 5,965 bilhões entre janeiro e março, uma queda de 11,6% em relação ao mesmo período passado. O que teve alta foi a receita líquida, enquanto o patrimônio não alcançou os 20% neste trimestre.

O banco chegou a anunciar medidas para os clientes, como prorrogação de parcelas e condições em empréstimos. A instituição também aumentou o volume de reserva para evitar calote de clientes.

Banco do Brasil

O BB teve um quadro mais positivo. A alta no lucro líquido deve ser de 15,3%, chegando a R$ 4,498 bilhões. A receita líquida também teve avanço de dois dígitos.

O banco anunciou que desembolsará R$ 83,8 bilhões em crédito novo e prorrogações devido a pandemia. Nas perspectivas da agência Moody’s, é interessante ficar de olho nos números do BB.

Santander

O Santander também uma margem mais alta, avançando 10,5% em relação ao mesmo período do ano passado, com um lucro líquido gerencial de R$ 3,859 bilhões. A rentabilidade do banco chegou à marca de 22,3% no primeiro trimestre, bem acima dos 21,1% de 2019.

A instituição informou que a demanda por crédito foi alta, o que gerou maior rentabilidade. A carteira do Santander avançou em 19,8% nos últimos 12 meses, chegando a R$ 463,393 bilhões.

Bradesco

Dentre os dados apresentados, o Bradesco foi o que sofreu mais queda brusca, com baixa de 39,8% em relação a 2019. O lucro em 2020 foi de R$ 3,753 bilhões. O resultado é abaixo das projeções dos analistas, que esperavam lucro de R$ 6,069 bilhões.

A rentabilidade também caiu para 11,7% no primeiro trimestre. O índice ficou abaixo dos 20,5% do ano passado. O banco também anunciou aumento nas reservas de fundo para evitar calotes durante a pandemia.

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.