BizCapital anuncia conta digital focado nas PMEs

BizCapital

A BizCapital, fintech que oferece soluções financeiras para micro e pequenas empresas, acaba de lançar sua conta digital PJ por aplicativo. O objetivo é melhorar a gestão do fluxo financeiro, oferecendo soluções de pagamentos mais ágeis para as pequenas empresas. A criação da conta PJ será gratuita e sem taxa mensal, e por meio do app será possível realizar transferências para qualquer cliente ou terceiros sem nenhuma taxa, pagamentos, agendamentos e outros. O aplicativo da BizConta está disponível nas plataformas do Google e Apple.

Saiba mais

“Desde o início, nosso propósito foi oferecer mais acesso ao crédito para as pequenas empresas brasileiras, deixando de lado a burocracia e a dificuldade. E a BizConta vem para dar ainda mais peso às nossas soluções financeiras. Afinal, queremos dar um conjunto de alternativas que realmente funcionem para o empreendedor”, explica Francisco Ferreira, sócio-fundador da BizCapital. Dentre uma das maiores vantagens, está a integração do crédito da fintech na própria conta, o que torna mais ágil todo o processo.

Além disso, a conta digital PJ estará disponível, inclusive, para quem não obteve empréstimo com a fintech, o que já é um primeiro passo de relacionamento com a BizCapital, para a solicitação de crédito no futuro, caso seja necessário. “Queremos causar um impacto positivo no mercado oferecendo cada vez mais serviços financeiros que ajudem o dia a dia do empreendedor”, analisa Francisco Ferreira. Nesse sentido, a BizConta atrai outros perfis de clientes, ampliando o impacto para o empreendedorismo brasileiro.

A abertura da conta digital traz algumas soluções funcionais para as PMEs. A BizConta oferece TEDs gratuitos e ilimitados e não há limites de transferências entre contas da BizCapital. “Os empresários vão ter opções práticas para o dia a dia, além de vantagens como os TEDs gratuitos. Tudo isso colabora para tornar a rotina do empreendedor mais leve, sem complicações ou gastos desnecessários”, explica Francisco. Vale destacar que a fintech vai oferecer a abertura de conta para empresas MEI, EI, EIRELI e também para sociedade limitada (Ltda.), modelo de empresa que, muitas vezes, não consegue usufruir dessa oportunidade.

O desenvolvimento da conta digital era um dos produtos idealizados pela BizCapital, a partir do aporte que foi levantado, em junho, pela rodada de investimento Série B, de R$65 milhões, liderada pelo DEG (Deutsche Investitions – und Entwicklungsgesellschaft), braço de investimento internacional do banco de desenvolvimento alemão KfW, em conjunto com o MELI Fund, fundo de corporate VC do Mercado Livre. Em outubro, a fintech também levantou um valor complementar de R$ 20 milhões pela Oikocredit, totalizando R$ 85 milhões. “O que buscamos com essa injeção de recursos é ampliar ainda mais a oferta dos nossos produtos, auxiliando o empreendedor em todas as etapas. A conta digital é uma