Black Friday – 12 pegadinhas e oportunidades

Além disso, a Black Friday já foi ampliada e hoje escolas de idiomas, corretoras de valores e agências de viagens também oferecem grandes vantagens.

Black Friday

Assim como o Halloween, o Brasil importou também a Black Friday (Sexta-Feira Negra) dos Estados Unidos. Na prática, nesta data, o comércio varejista oferece produtos com grandes descontos e muitos já aproveitam para fazerem as compras do natal. Além disso, a Black Friday já foi ampliada e hoje escolas de idiomas, corretoras de valores e agências de viagens também oferecem grandes vantagens. Porém, é preciso cautela. “Dois pontos principais precisam ser levados em consideração. O primeiro é excluir as compras por impulsos, que é quando uma pessoa compra algo que nem se quer precisa, simplesmente porque está barato. E a segunda é como não cair em golpes”, ressalta Fabrizio Gueratto, Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira.


Saiba mais

blubank

Yesfurbe vende celulares com até 80% de desconto na Black Friday

O Canal listou as 12 principais dicas para aproveitar e não cair em pegadinhas!


1 – Falsos descontos

A frase “Tudo pela metade do dobro” se popularizou na primeira grande Black Friday que ocorreu no país. Junto com ela reclamações no Procon e processos judiciais. As empresas entenderam que não poderiam mais brincar com a população ou perderiam credibilidade e teriam suas marcas associadas a desrespeito com o consumidor. Além disso, as empresas de tecnologia evoluíram e hoje ajudam a combater esta prática. Sites como www.bondfaro.com.br; www.buscape.com.br e www.zoom.com.br, além de compararem os preços em diversas lojas, permitem que o usuário veja como o preço de um determinado produto estava meses atrás. A tecnologia hoje combate as empresas que acham que são espertas.

2 – Preços divergentes

Para atrair o consumidor algumas empresas colocam um determinado valor abaixo do mercado em um produto ou serviço, porém, quando o consumidor clica no link e é direcionado ao site da loja, o valor é outro. “Isso já aconteceu comigo. Vi um anúncio de uma marca de roupas muito famosa e quando cliquei o preço era outro. Ao invés da empresa cumprir o que estava no anúncio, simplesmente disse que havia cometido um erro e não cumpriu o que diz o Código de Defesa do Consumidor (CDC). É preciso ficar atento se ambos os preços são iguais”, explica.

3 – Vírus

Nas datas comemorativas, como Natal, Black Friday ou Dia das Mães, as pessoas estão mais predispostas a gastarem e com isso, acabam clicando em mais links do que em outros dias. E os hackers sabem disso. Diversos e-mails “fantasiados” de promoções de empresas conhecidas são disparados, geralmente com promoções de parecem imperdíveis. Quando a pessoa clica um vírus é descarregado no computador. Atualizar o anti-vírus e evitar clicar em e-mails desconhecidos. Uma dica é clicar no botão responder e verificar qual é a origem do e-mail.

4 – Lojas Fantasmas

Nestas datas de compras proliferam as empresas fantasmas, que só existem no site delas mesmas. São nomes que nunca as pessoas ouviram falar e oferecem descontos que nenhum outra oferece. Infelizmente, apesar de estarem sempre sendo bloqueadas, elas aparecem nos sites que comparam preços. É comum ver um iphone que em uma grande rede de varejo custa R$ 5 mil e nos sites destes estelionatários estar sendo vendido por R$ 3,5 mil. Estes anúncios também estão em plataformas de vendas como o Mercado Livre, infelizmente.

5 – Cartão de Crédito

Comprar com o cartão de crédito pode ser o melhor negócio, desde que a pessoa tenha controle sobre os gastos. Além do desconto que ela irá aproveitar, ela ainda poderá acumular pontos, milhas ou cashback, como o fornecido pelo Banco Original, por exemplo.

6- Aproveitar para comprar os presentes de natal com desconto

Esse é um dos principais motivos pelo qual a Black Friday faz tanto sucesso. Segundo pesquisa realizada por representantes do comércio eletrônico, 66% das pessoas que pretendem aproveitar a Black Friday comprarão presentes de natal. Aqueles que são mais precavidos podem tirar proveito, economizando nas compras do natal. A média de descontos na Black Friday deste ano será 24%. Então é melhor já fazer a sua lista, afinal neste ano teremos menos de um mês de diferença entre as datas, o que facilita ainda mais as coisas.

7- Passagens e pacotes de viagens são excelentes oportunidades

Sim, é possível conseguir descontos até com passagens aéreas. Como são muitas ofertas, o ideal é estipular poucos destinos para conseguir encontrar as ofertas mais vantajosas. É preciso tomar cuidado com as compras por impulso, se você se arrepender não poderá revender as passagens. Outro fator são as escalas, às vezes voo muito baratos acabam por ter uma série de escalas o que pode atrasar a viagem em alguns dias, além de deixar tudo mais cansativo. A dica para conseguir bons descontos é fugir de datas da alta temporada. O ideal é usar aplicativos que monitoram os preços, muitos deles possuem alertas para ajudar o consumidor.

8 – Cuidado com o preço do produto, muitos oferecem descontos, mas com frete alto para compensar o desconto

Essa é uma pratica comum nesse período. O vendedor da um desconto para atrair o cliente, mas simplesmente transfere o valor do desconto para o frete. Para evitar isso é importante calcular o valor integral, somando o frete ao valor do produto. Outra boa maneira de perceber se o frete está abusivo é pesquisar de onde está sendo entregue o produto, e comparar com outras compras que você fez de lugares próximos. Se os valores forem muito diferentes pode ter alguma coisa de errado.

9 – Corretoras e plataforma de investimentos oferecem os melhores produtos do ano

Se você está penando em começar a investir, essa pode ser uma boa hora para começar. Muitas corretoras oferecem oportunidades que só acontecem nessa época do ano. Fundos de investimentos ou produtos financeiros geralmente reduzem os seus valores mínimos de entrada, para atrair os investidores. Os fundos que tem cotas de entrada mais altas geralmente apresentam um desempeno melhor, aumentando os seus ganhos. Mas cuidado, é bom ficar de olho com a liquidez desses produtos, se você sair antes do prazo estipulado em contrato pode acabar com o seu rendimento.

10 – Aproveitar para fazer a portabilidade de telefone e trocar a tv por assinatura

Trocar o seu pacote de tv ou internet também tem vantagens na Black Friday, todos as operadoras oferecem promoções para clientes que tiverem interesse em portabilidade. Os descontos podem ajudar a diminuir os custos fixos dos seus gastos mensais. O site melhorplano.net/ pode te ajudar, lá é possível comparar qualquer plano de tv, internet e celular, das principais operadoras.

11 – CASHBACK – Meliuz e AME dão um ótimo retorno.

O Ame é a carteira digital do grupo Americanas, com ela é possível transferir facilmente o dinheiro entre pessoas com conta no aplicativo. Com o Ame, é possível receber o cashback das compras realizadas em sites como Americanas, Submarino e Shoptime, todas do mesmo grupo e com uma ampla variedade de produtos. O Méliuz funciona como um buscador de ofertas, que também oferece um cashback para compras feitas a partir do seu site. Porém o dinheiro de cashback pode ser resgatado para a conta de banco de sua preferência. A vantagem aqui é que os dois possuem uma parceria, que permite utilizar os dois cashbacks ao mesmo tempo nas lojas citadas acima. Combinados você pode ter um ótimo retorno, acesse o site deles para conferir a lista dos participantes!

12 – Site oficial da Black Friday é possível checar os participantes

Por ser um representante oficial, lá é possível saber os lugares que estão participando da promoção. Também é possível procurar ofertas e comparar preços com mais segurança, evitando calotes. Esta dica é fundamental se você pretende seguir todas as outras que estão nesta lista.



Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.