Bradesco deve se tornar acionista minoritário do C6 Bank

Bradesco e C6 Bank

O Banco Bradesco entrou em negociações para se tornar acionista minoritário do C6 Bank, banco digital fundado por Marcelo Kalim. As primeiras informações foram divulgadas pelo jornalista Geraldo Samor, do site Brazil Journal.

Saiba mais

Saiba como sacar o valor do PIS/Pasep em 2020

Mercado Livre prorrogação prazo para pagamento de parcelas de crédito

Caixa anuncia empréstimo de até R$ 21 mil para microempreendedor

Itaú, Bradesco e Santander fecham mais de 430 agências em 2019

C6 Bank lança loja virtual dentro do próprio aplicativo

Saiba as novidades do cartão Bradesco Music Internacional

Segundo as informações, o Bradesco faria parte do C6 em uma estratégia para aumentar seu alcance bancário em meio a “boom” de bancos digitais e driblar a crise causada pelo coronavírus. A negociação se assemelha com a do Itaú com a startup XP.

O acordo não prevê o Bradesco como maior controlador e o banco continuará sua estratégia digital com o Next. Para o C6 Bank, a sociedade traria a solidez financeira que um dos maiores banco do país possui, além de um grande investimento para se fixar de vez no mercado.

O C6 Bank surgiu como um banco independente, tendo como seu principal acionista o empresário Marcelo Kalim, e entre os sócios estão Leandro Torres, Adriano Ghelman e Luiz Marcelo Calicchio. A estimativa é que o banco já possua mais de 1,4 milhão de clientes.

Recentemente, com a crise financeira, o C6 se viu obrigado a fazer demissões de funcionários, o que foi muito criticado por seus clientes. A expectativa que a sociedade dê uma injeção financeira necessária para manter a fintech.

O que dizem os Bancos

Em retorno ao site Konta Azul, a assessoria do Banco Bradesco disse que não comenta assuntos relações a negociações ou aquisições de outras empresas. Já o C6 Bank não retornou nosso contato até o fechamento desta publicação.

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.