Brasileiro gasta mais de R$ 1600 em apps de transporte, segundo pesquisa

Apps de transporte

Uma pesquisa divulgada pelo aplicativo de gestão financeira e curadoria de produtos Guiabolso mostrou que o brasileiro gasta, em média, R$ 1.600 em apps de transportes por ano. A empresa mapeou os gastos de 203 mil usuários em todo o país nos últimos 12 meses.

Saiba mais

Interação com o Google Pay pode facilitar invasão a contas do PayPal

Conheça os cartões Decolar Santander e suas vantagens em passagens aéreas

Os dados foram coletados em aplicativos de transporte, comida e de consumo de filmes e música. De acordo com a pesquisa, a despesa média por pessoa em janeiro foi de R$ 134,40 em apps de transporte. Pelo menos 30% das pessoas analisadas tiveram algum tipo de gasto nesta categoria e o valor impactou em 3,1% de suas rendas.

“O gasto acumulado em um ano assusta, principalmente porque as corridas costumam ter um valor bem menor e são descontadas diretamente no cartão de crédito. A pessoa nem precisa abrir a carteira e só vai se dar conta do volume quando chega o final do mês”, compara o diretor de Produto e Tecnologia do Guiabolso, Julio Duram.

Em apps de comida, como iFood e Uber Eats, os gastos tiveram um avanço de 7% entre janeiro de 2019 e janeiro deste ano. O gasto em 2020 chegou a R$ 105,70. O total de pessoas que usam este tipo de aplicativo quase dobrou no mesmo período.

O gasto médio na soma dos 12 meses foi de R$ 1.219,85. “Apesar do valor ser expressivo, ele precisa ser visto com cuidado. O importante é não comprometer o orçamento. Caso tenha sido demais, esse gasto pode ser compensado de outra forma, com um aperto de cinto aqui ou uma troca com outra despesa. Além disso, pedir pra comida ser entregue em casa pode ser mais barato que ir a um restaurante”, compara Duram.

O Guiabolso também deixou algumas dicas de como não se enrolar com esses tipos de gastos. Confira:

Tenha visibilidade das despesas

Isso evita os sustos quando a fatura do cartão de crédito chega e o valor é bem mais alto do que estava sendo projetado. Acompanhe a fatura ao longo do mês, afinal, muitas vezes gastamos muito dinheiro usando apps de transporte sem perceber.

Avalie a real necessidade daquela escolha

A vida é um constante jogo de escolhas. Posso optar por conforto ou economia quando o assunto é transporte, por exemplo. Tão importante quanto a decisão final é saber como ela pode afetar o orçamento e o que fazer pra equilibrá-lo em caso de abusos. Sendo assim, avalie se realmente é necessário usar apps de transporte ou se não há alguma opção mais barata que seja viável.

Tente estipular um teto de gastos pra cada categoria

Isso depende de realmente conhecer os próprios hábitos e monitorar como as coisas estão indo naquele mês. Esse planejamento te ajuda a manter o controle da situação e definir uma opção mais em conta num momento de limite quase atingido ou de mais “folga” em caso do teto ainda estar longe de ser alcançado.

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.