CFO do Nubank anuncia saída do cargo após um ano

Nubank

O CFO do Nubank, Marcelo Kopel, anunciou sua saída do cargo após um ano de trabalho na fintech. O anúncio ocorreu no início deste mês, por meio de um e-mail interno encaminhado aos colaborares. Segundo Kopel, sua saída se deve a motivo familiares.

Para o cargo de forma interina foi anunciado Guilherme Lago. Kopel continuará como consultor para o Nubank.

Saiba mais

Rappi lança o RappiBank, seu braço para serviços financeiros no Brasil

PicPay atinge marca de 2 milhões de cartões emitidos e amplia oferta aos usuários

Zro Bank supera expectativas e ultrapassa a marca de 100 mil downloads em três meses

Revolut: fintech deve chegar em 2021 ao Brasil com serviços de câmbio e criptomoedas

Para enfrentar a crise, 70% das empresas de pequeno porte vendem por canais digitais

Nova lista de beneficiários do cartão Prato Cheio foi liberada pelo GDF – Saiba se você está na lista

Kopel chegou ao Nubank como uma tentativa de trazer executivos com experiências em grandes bancos. A fintech se prepara para um possível IPO, já que, com R$ 25 bilhões em depósitos e 30 milhões de clientes, o Nubank deixava de ser uma startup para se tornar um incumbente.

Na mesma leva de contratação, o Nubank anunciou, na época, a chegada de Youseff Lahrech para o cargo de líder global de análises e tecnologia. Também trouxe o ex-diretor de gerenciamento de produtos do Facebook, Jag Duggal, para o cargo de diretor de produtos.

Em 2020, o banco digital promoveu um aumento de salário de até 85% dos seus funcionários. O anúncio pegou de surpresa diversos setores, especialmente em um ano marcado pela crise econômica. Também foi anunciado que 80% dos seus funcionários se tornaram sócios da companhia, em uma participação progressiva no capital social da empresa.