Levantamento mostra que China fechou mais de 500 mil empresas por conta do coronavírus

Empresas China

Um levantamento publicado pelo jornal “South China Morning Post”, da China, mostrou que mais de 460 mil empresas chinesas faliram ou fecharam as portas por decorrência da crise financeira instalada pela pandemia do coronavírus. Os números mostram um levantamento do primeiro trimestre de 2020.

Saiba mais

Bolsonaro assina Decreto e zera IOF sobre operações de crédito por 90 dias

Bolsonaro: Presidente dá data para início de pagamentos do auxílio emergencial de R$600

Conselho Monetário libera emissão de cartões pelas fintechs de crédito

Presidente do BNDES afirma que financiamento para empresas aéreas deve sair em abril

Alta do dólar e escassez de produtos influenciam economia brasileira em meio ao Coronavírus

Nubank economiza R$ 2,3 bi em tarifas em 2019

Boa parte das empresas na China estavam operando há quase três anos, segundo a Tianyancha, empresa responsável por recolher dados públicos sobre diversos setores e publicar no jornal local.

O número também inclui empresas que perderam suas licenças para funcionar na cidade de Pequim.

O ritmo de criação de novas empresas também uma queda significativa. No mesmo período de 2020, cerca de 3,2 milhões de companhias foram abertas na cidade, representando uma queda de 29% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Dentre o ramo de cada nova empresa, foram abertos negócios nos setores de distribuição ou varejo, a maioria localizada na província da China de Guangdong.

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.