Como usar melhor os programas de milhas?

Programa de milhas
(Foto: Reprodução)

Saber aproveitar pontos acumulados em programas de milhagem ou no cartão de crédito traz muitas vantagens para os consumidores. Descontos em serviços, trocas por passagens aéreas, produtos e até dinheiro vivo, caso o cliente prefira vender milhas, estão disponíveis para quem participa de programas de fidelidade. Mas nem todo mundo está tão familiarizado com o funcionamento dos programas e acaba desperdiçando pontos e milhas todos os anos.


Saiba mais

Publicidade

Beblue lança cartão digital com cashback de até R$ 10 mil

Saiba as novidades do cartão Bradesco Music Internacional


Existem estratégias e dicas para aproveitar melhor os programas de milhagem. Confira um pequeno guia para fazer valer a pena cada ponto acumulado.

Pontos e milhas são a mesma coisa?

Não necessariamente. Pontos e milhas são os nomes dados aos programas de fidelização – de cartões de crédito ou de companhias aéreas – para o montante acumulado a cada fatura paga ou trecho viajado. Quando se paga uma fatura em dia, o cliente acumula pontos; quando adquire produtos e serviços em estabelecimento conveniados (postos de gasolina, por exemplo), acumulam-se milhas. Para emitir passagens aéreas ou monetizar, é preciso converter os pontos para milhas.

Tanto ao acumular pontos quanto milhas, o cliente precisa ter atenção à expiração, uma vez que a maioria dos programas funcionam com prazos de validade.

Como acumular pontos

A maioria dos consumidores acumula pontos nos cartões de crédito. Esta é a principal fonte de acúmulo, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização. Porém, há clientes que nem se dão conta de quantos pontos recebem a cada fatura paga ou até desconhecem se estão de fato acumulando.

Os sites dos diversos bancos e operadores de cartão de crédito trazem informações sobre quais tipos de cartões acumulam pontos. Cartões mais simples, com muita restrição de crédito e anuidade baixa ou gratuita, dificilmente geram pontos. Quanto maior o limite, o gasto no final do mês e a anuidade do cartão, mais pontos se obtém.

Outra forma de acumular é voando. Neste caso, o cliente está acumulando milhas. Sempre que um trecho é adquirido, ele pode ser adicionado no programa de milhagens. Os programas contam com diversos parceiros, por isso não é só voando que se pode obter milhas. Outro meio é transferindo pontos de cartões de crédito para programas de milhagem, como veremos a seguir.

Como transformar pontos em milhas?

Os programas de milhagem perceberam que os consumidores preferem acumular pontos comprando e resgatar milhas voando. De olho nessa estratégia, os programas permitem que pontos no cartão de crédito sejam convertidos em milhas.

As formas de proceder com a transferência varia de banco para banco: pelo telefone, por site ou por aplicativo. A principal orientação é estar sempre atento a qual programa de milhagem é mais vantajoso. Qual tem mais voos? Qual faz rotas que você gostaria de conhecer? Qual oferece mais vantagens e conforto?

Além disso, é primordial ficar de olho na taxa de conversão de pontos em milhas. Os programas de milhagem sempre realizam promoções que oferecem bônus na transferência de pontos. Dependendo da oferta, a quantidade de pontos pode significar até 70% milhas a mais para o consumidor. O ideal é acompanhar os sites dos programas de milhagem, inscrever-se nas newsletters promocionais e pesquisar bastante.

Acumulei milhas, e agora?

Com milhas aéreas é possível voar de graça, fazer reservas em hotéis e trocar por produtos e serviços em lojas parceiras. Mas nem sempre o consumidor pode ou quer viajar antes que as milhas expirem. Também nem sempre vale a pena trocar por eletrodomésticos que podem ser encontrados a preços baixos em lojas pela internet. Portanto, uma das melhores formas de aproveitar os pontos acumulados é vender milhas.

Há no mercado empresas especializadas em vendas de milhas. A líder do setor é a MaxMilhas, que fornece uma plataforma para quem quer monetizar seus pontos. Para vender, basta acessar o site da empresa e indicar a quantidade de milhas que dispõe e apresentar um preço. A página dá sugestão de valores para tornar a oferta mais competitiva e a venda mais rápida ou mais vantajosa. Após a análise dos dados, as milhas estão disponíveis para venda. Em 20 dias corridos o vendedor recebe o valor pedido.



Convite Pag Bank

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.