Descontos da Black Friday devem ser menores em 2019

Black Friday

Os descontos da Black Friday de 2019 devem girar em torno de 24%, menor do que os 29% oferecidos em 2018. Isso é o que mostra uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) divulgada nesta segunda-feira (28).

Saiba mais

Cinco dicas para o compliance fiscal na Black Friday

Consumidores pretendem gastar até R$ 3 mil na Black Friday

Saiba como preparar o seu e-commerce para a Black Friday

Via Varejo deve lançar “agências” do banco digital antes da Black Friday

O levantamento entrevistou 1.177 empresários de todos os portes que atuam no comércio e no setor de serviços nas cincos regiões do país. Entre os entrevistados, cerca de 21% devem aderir ao dia de promoções, que acontecerá em 29 de novembro. Mesmo com o baixo desconto, deve haver um crescimento de adesões, comparado aos 16% dos empresários aderiram a data em 2018.

A pesquisa mostrou que 54% dos empresários concordam que ao Black Friday não prejudica o Natal, a data mais lucrativa do varejo no ano. Aliás, 33% dos entrevistados dizem que a data contribui para o Natal vender mais. Cerca de 8% falam em prejuízo no Natal por conta das vendas antecipadas.

Em entrevista ao Portal G1, o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior comentou que a data pode ajudar o comércio a antecipar os lucros.

“Na Black Friday é comum o consumidor aproveitar as ofertas para adquirir produtos para si ou para a casa, principalmente os de valor agregado, como smartphones, eletrônicos e eletrodomésticos. Já no Natal, prevalece a força da tradição de presentear familiares e amigos como força de demonstrar afeto e reforçar laços”, explica.

Outros números

Entre os empresários que vão aderir a Black Friday este ano, cerca de 57% (seis em cada de empresários) acreditam que a data é um modo de divulgar a loja e prospectar novos clientes. 43% consideram uma chance de aumentar as vendas. 25% dos empresários querem desovar estoques parados.

Para os que não irão aderir a campanha, cerca de 60% explicam que o principal argumento é não acreditar que as vendas aumentam no período. Outros 17% dizem que somente grandes marcas participam da Black Friday e avaliam que é melhor não competir com elas.

Experiência

Os empresários analisam que a experiência de anos anteriores motiva a participação em 2019. Cerca de 63% dos empresários obtiveram bons resultados de vendas, sejam por terem vendido acima das expectativas (20%) ou obtido um resultado conforme o esperado (43%). Em contrapartida, 34% dos empresários registraram vendas abaixo do projetado.

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.