Descubra as diferenças entre os Empréstimos MEI, Pessoal e Empresarial

Empréstimo MEI

O Microempreendedor Individual ou MEI, é a porta primordial de entrada para o mundo empresarial, essa forma simplificada de iniciar seu negócio. Dentre as inúmeras vantagens de se tornar um MEI, podemos de início citar a possibilidade de se fazer um empréstimo utilizando seu CNPJ.

Veja Também:

Empréstimo Online Santander Como Solicitar

Os melhores cartões para negativados

Empréstimo para negativados BMG

Empreendedor Individual no Brasil

Abrir seu próprio negócio e gerenciá-lo com devido sucesso não é uma alternativa fácil, por conta disso, formalizá lo é a melhor opção ie um pequeno empreendedor tem, pois com sua formalização, o mesmo pode obter acesso a vários benefícios, dentre eles: Empréstimos para MEIs, desconto com fornecedores, etc.

No que diz respeito aos melhores empréstimos para MEIs, temos à disposição inúmeras modalidades, as quais veremos no decorrer desse artigo.

Vantagens do MEI

De acordo com dados do Portal do Empreendedor, no ano de 2020, com a constante crescente nos problemas causados pelo vírus COVID-19, o número de Microempreendedores aumentou. 

Mas por que isso? 

Numa corrida para se manter e adequar o cenário financeiro mundial à situação atual, cidadãos comuns tomaram as rédeas de sua vida e resolveram investir em seus próprios negócios. 

No começo do mês de março, o número de profissionais formalizados como MEIS era de 9,7 Milhões aproximadamente. Porém no finalzinho do mês de junho, esse número já ultrapassa a barreira dos 10,1 Milhões.

Mas quais os benefícios de se tornar um MEI?

  • Empréstimo com melhores condições;
  • Previdência que inclui seus dependentes;
  • CNPJ e alvará de funcionamento gratuitamente;
  • Emissão de nota fiscal
  • Vendas autorizadas para o Governo
  • Empréstimo com melhores condições;

Saiba Mais Sobre o Empréstimo Para Microempreendedor

A prestabilidade de se ter um CNPJ, e caracterizar-se como empresa formal traz ao cidadão condições favoráveis no que diz respeito ao mercado financeiro. À facilidade de se conseguir uma boa margem de empréstimo, e também à facilidade de se efetuar compras em varejo, utilização de nota fiscal, entre outros serviços facilitam a vida dos MEIS.

A primeira coisa que precisamos especificar é a necessidade de a sua empresa ter mais de 1 ano de CNPJ. Ah, e também ter o rendimento mensal de no mínimo R$10.000, e aquela conta de pessoa jurídica, tendo em vista que se encaixa em todos esses pontos, vamos entender mais sobre o empréstimo para MEI. O objetivo dessas empresas e financeiras é de facilitar e agilizar quando questão é aquele socorro ou ajuda necessária que sua empresa precisa para crescer e inovar no mundo comercial.

Entenda os Riscos do MEI Pedir Um Empréstimo

É preciso atentar para as tentações de se fazer um empréstimo após se formalizar como MEI, esse tipo de solicitação deve ser bem pensada e planejada com cuidado e atenção. 

Sem o devido controle financeiro, o Microempreendedor pode assumir dívidas desnecessárias, e contrair para sua empresa dívidas maiores e o que devia ajudar pode levá-lo à falência precoce. 

Organize suas finanças, examine bem suas necessidades, e busque ter certeza de que aquela solicitação é imprescindível para seu início, ou socorro em meio uma crise.

É preciso repetir: Se realmente tiver a eventual necessidade de solicitar um empréstimo para MEI, é recomendado que se utilize desse recurso para efetuar a compra de coisas importantes como matéria prima, fazer investimento em equipamentos, aumentar sua loja, ou mesmo investir em e-commerce. Fazendo assim, todo seu dinheiro investido virá trazer um retorno financeiro para loja, aumentando seu faturamento e te ajudando a pagar as parcelas do empréstimo mais rapidamente.

Quais as Diferenças Entre um Empréstimo MEI, Pessoal e Empresarial?

Se compararmos com o empréstimo pessoal, o valor que se dispõe às pequenas empresas é eventualmente maior, e tem melhores taxas e prazos de pagamento. Mas sem se esquecer que restrições no CPF do solicitante também podem impedir que tais liberações sejam feitas.

O empréstimo empresarial, porém, como é de se esperar, tem uma liberação mais ampla, chegando ao teto de no mínimo R$20.000, e uma maior variação no prazo para pagamento. 

Mas vale ressaltar que MEIS, têm uma taxa de juros mais branda, e menos burocracia em suas solicitações de empréstimo.