EWZ Capital estreia parceria com o BTG Pactual

EWZ Capital

Uma assessoria de investimentos jovem e arrojada, mas transparente e voltada para a qualidade do atendimento ao cliente. Esta é a essência da EWZ Capital, fundada em 2018 inicialmente por Luca Gallacci (26) e Victor Mouadeb (27), que logo trouxeram Henrique Castiglione (25) para reformular o modelo de negócios em maio de 2019 e iniciarem o novo projeto, agora com tecnologia, marketing e educação integrados.

Saiba mais

Agora, para começar 2021 com o pé direito, a EWZ Capital firmou parceria com o BTG Pactual. A empresa está com 70 assessores de investimento, mais do que tinham em 2020, em força total para fazer relacionamento, captar e fidelizar clientes.

“Estamos extremamente satisfeitos e otimistas com essa parceria, que já se inicia com uma grande sinergia: compartilhamos valores, acreditamos na excelência, na visão de longo prazo e, principalmente, no foco total no cliente, oferecendo soluções personalizadas e indicadas para o perfil de cada um”, afirma Henrique Castiglione, sócio e diretor comercial da EWZ Capital.

O nome da assessoria de investimentos foi escolhido como uma homenagem ao fundo de investimento EWZ (também conhecido como Ibovespa dolarizado) e à paixão dos sócios pelo mercado de capitais. No início eram apenas sete pessoas, mas pouco mais de um ano depois o time da assessoria já conta com 85 pessoas e continua crescendo, mas para os jovens empreendedores, o crescimento é sustentável e segue muito próximo dos valores e aspirações dos fundadores. Uma das principais preocupações da companhia é a busca incessante por grandes profissionais e a capacitação contínua de seus times.

“Nossa intenção foi criar uma assessoria de investimentos disruptiva e atualizada, mas que, ao mesmo tempo, ofereça segurança e alto rendimento para os nossos clientes. Por isso, estamos constantemente trazendo grandes profissionais para capacitar a equipe, investindo em pessoas com talento para trabalhar conosco. Nossos profissionais buscam entender individualmente cada cliente, oferecendo apenas opções de produtos de qualidade e adequadas para cada perfil”, destaca Henrique Castiglione, sócio e diretor comercial da EWZ Capital.

A EWZ conta com unidades em São Paulo, Rio de Janeiro e Teresópolis, mas está abrindo novas filiais em Tatuí, São José dos Campos e Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, para as quais já fez 40 contratações. A intenção é atingir R﹩ 1 bilhão em patrimônio investido. Uma meta arrojada, mas possível, ainda mais para uma assessoria de investimentos que começou com 7 milhões de reais e que em pouco menos de 2 anos chegou em 630 milhões de reais. O crescimento mensal da empresa é de cerca de 20%. Para este ano, o desejo é chegar a 10 novas cidades.

Em apenas seis meses de existência, a empresa já havia expandido, inaugurado uma grande casa na região do Alto de Pinheiros, bairro paulistano onde está localizada, e que já sendo ampliada para novos imóveis vizinhos, a fim de receber a equipe que não para de crescer. O espaço conceito conta com cafeteria, bar, galeria de arte, jardim com área gourmet, área para treinamentos e formação de novos assessores de investimentos e investidores, em uma atmosfera descontraída e inovadora. O local também foi planejado para receber eventos e exposições aos finais de semana.

O objetivo da companhia é ser uma empresa 360, que atenda às mais diferentes necessidades. “Se o cliente precisa fazer câmbio para uma viagem, nós oferecemos. Se ele precisa fazer um seguro para a sua casa ou seu automóvel, pode ficar tranquilo porque nós fazemos também. Queremos estar presentes na vida de quem atendemos, cobrindo as suas necessidades de forma simples e fácil”, resume Castiglione.

Além do atendimento ao cliente, outro foco da EWZ Capital é desenvolver novos clientes e talentos, o que acontece não apenas por meio dos cursos realizados na sede, mas também pelos canais no YouTube Clube do Henriquecer e pela plataforma educacional do Guru Investidor. Ambos buscam dar informações sobre o mercado financeiro, ajudando investidores e assessores de investimento que já tem experiencia ou que estão dando os primeiros passos no mercado.