Febraban promete taxas menores para renegociação de dívidas com bancos

Consórcio Bancos

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) vem negociando taxas menores para renegociação de dívidas e empréstimos de clientes com bancos, como alternativa para atender as medidas do Congresso em meio a crise financeira causada pelo coronavírus.

Nas últimas semanas, alguns clientes e empresas têm reclamado de uma alta considerável de juros dos bancos para pagamento de empréstimos e cartões de crédito, o que vai contra as medidas anunciadas pelo governo para que as instituições diminuam os juros e atendam as demandas solicitadas.

Saiba mais

Bancos estão cobrando juros para a prorrogação de dívidas

Santander anuncia desconto de 90% para quitação de dívidas

Senado deve aprovar projeto que limita juros do cartão de crédito e cheque especial

Senado aprova projeto que suspende inclusão no SPC ou Serasa até o final do ano

Banco do Brasil: Adiamento de dívidas como solicitar sem sair de casa

Caixa suspende pagamento de dívidas e reduz juros em período de crise

Carta da Febraban

A Febraban disse que enviou cartas para o presidente do Senado, David Alcolumbre, e para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, prometendo “taxas substancialmente mais baixas” para as operações de crédito, cheque especial e empréstimos consignados. O objetivo é atender cerca 30 milhões de pessoas em meio a atual crise econômica.

“As propostas agravam a situação econômica em meio a pandemia, aumentando o custo do crédito e a taxa de inadimplência e reduzindo os empréstimos. Também somos contra o tabelamento de preços dos juros, pois isso prejudicaria a concorrência”, disse Sidney Menezes, presidente da Febraban, em entrevista ao site Info Money.

Um projeto no Senado estuda colocar um teto na cobrança de juros dos bancos, em meio as investidas das instituições de evitarem calotes dos clientes. Bancos como Bradesco e Itaú aumentaram suas reservas com receio de perder dinheiro.

O projeto no Senado estabelece um teto de 20% ao ano nos juros do cartão de crédito e cheque especial. Um outro projeto aumentaria a contribuição sobre os lucros bancários de 20% para 50%.

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.