Governo libera Saque Certo para retiradas do PIS/Pasep e FGTS

Saque Certo facilitará o saque das contas do FGTS e PIS/Pasep
Saque Certo facilitará o saque das contas do FGTS e PIS/Pasep

O governo lançou esta semana o Saque Certo para a retirada de fundos do PIS/Pasep e FGTS. O Saque funciona como um conjunto de medidas que dá mais opções ao trabalhador sacar o dinheiro que está nessas contas. Com isso, o usuário ganha mais liberdade para decidir como usar os recursos a que tem direito.


Saiba o valor da primeira parcela do 13º salário do INSS

Demissão por justa causa não garante saque do FGTS

FGTS poderá render quase R$ 172 até final de agosto

Comissão libera uso do FGTS para pagar curso superior e cirurgias

Lembrando que o governo liberou o saque das contas do FGTS a 96 milhões de trabalhadores com 260 milhões de contas ativas e inativas. Isso representa quatro vezes o número de trabalhadores alcançados na última liberação do saque do Fundo de Garantia. O trabalhador tem direito a sacar um valor de até R$ 500.

blubank

O Saque Certo vai organizar os saques anuais que podem ser realizados nas contas de FGTS e PIS/Pasep. Lembrando, que os trabalhadores que foram demitidos sem justa causa, que irão comprar um imóvel ou farão algum procedimento médico que podem realizar o saque.

Saque Imediato

O Saque Imediato do FGTS acontecerá a partir de setembro deste ano e seguirá até março de 2020. Serão liberados R$ 40 bilhões, sendo 28 bilhões em 2019 e R$ 12 bilhões em 2020.


No PIS/Pasep, não haverá prazo limite para o saque do dinheiro, os herdeiros poderão sacar o valor de acordo com o inventário, sendo firmado termo por escrito autorizando o saque e declarando que não existirem outros sucessores conhecidos. O impacto será de R$ 2 bilhões entre 2019 e 2020.

Saque-aniversário

Este tipo de saque gera uma renda extra ao trabalhador, um dos dispositivos liberado pelo governo. Confira as regras:

– Os cotistas podem sacar os valores no mês de seu aniversário, além dos saques permitidos em casa de aposentadoria, compra de imóvel, morte ou doença grave;

– O percentual disponível para saque será maior para cotistas com saldo menor em suas contas;

– A migração para o Saque-Aniversário é opcional. Caso não queria optar, o regime será o adotado atualmente;

– O trabalhador pode retornar ao regime anterior, mas precisará esperar dois anos de carência;

– As novas regras de saque elevarão a produtividade ao estimular redução à rotatividade e à informalidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.