Influenciadores Digitais representam oportunidade para alavancar as vendas de Natal

Influenciadores

As datas sazonais estão aí, e elas são excelentes oportunidades de negócios para aumentar as vendas e visibilidade de marca. Porém, como todo o comércio se prepara para essa ocasião, é preciso se destacar e buscar alternativas modernas e rentáveis para não só alavancar as vendas, mas também garantir a presença das empresas nas redes sociais e na mente dos consumidores. Em resposta a essa demanda, surge o marketing de influência, uma opção em constante atualização que permite se conectar ao seu público para agregar ainda mais visibilidade.


Saiba mais

blubank

Startup credenciada do governo de SP permite o parcelamento do IPVA

Mercado abre mais de 160 mil vagas de trabalho temporário em dezembro


Nessa vertente do marketing, através de plataformas digitais, como Youtube, Instagram, Facebook e TikTok, os influenciadores digitais são responsáveis por mostrar aos seus seguidores as novidades do mercado e produtos interessantes. Além disso, insere junto da indicação a sua credibilidade e comprova como possui qualidade, preço justo e outros benefícios.

Segundo pesquisa do Buzzmunitor, empresa de consultoria, diagnóstico e tecnologia para gestão de negócios em social media, durante a Black Friday deste ano, o termo foi buscado 1.604.226 de vezes entre os dias 26 de outubro e 25 de novembro e as marcas que mais se destacaram foram exatamente quem utilizou parcerias com celebridades.

No Facebook a publicação com mais engajamento com o termo foi a da Casas Bahia, com 119 mil interações, que se utilizou da influência das cantoras Maiara e Maraisa. Um fato muito interessante apontado é que o post não exibia nenhuma promoção específica e, mesmo assim, o post foi um sucesso em mobilizar o público da marca e divulgar suas futuras promoções de Black Friday. Quando buscado por #BlackFriday, quem se destacou foi o Magazine Luiza, que seguiu uma estratégia muito semelhante e utilizou-se da influencer Thaynara OG e cantora Pablo Vittar.

Marketing de influência e retorno sobre o investimento

Dados como esse só provam como o Marketing de Influência veio para ficar. Segundo Ricardo Almeida, sócio fundador da Coletive, aceleradora de carreiras do ramo, diversas marcas já notaram a oportunidade e aproveitam essas épocas como ganchos para crescer e vender ainda mais. “Nessa época as marcas não estão tão preocupadas em vender branding e conteúdo, mas sim o ROI (Retorno Sobre Investimento) e, consequentemente, gerar mais compras. É importante mesmo assim alinhar o storytelling da campanha e o público do influenciador que está sendo contratado, para que haja engajamento verdadeiro e conversão de fato, sem ser algo forçado”.

Como pode-se perceber, o futuro é promissor. Segundo dados da pesquisa da Influencer Marketing HUB, Viral Nation e a NeoReach, a média do ROI de resposta direta é de 1,8x por 1 dólar gasto nas campanhas analisadas. Já as campanhas focadas em branding ou engajamentos geram um ROI de 8x.

Ricardo ainda alerta que muitas marcas podem não entender a dimensão do alcance de certos influenciadores, mas é preciso estar preparado. “É necessário que você tenha as ferramentas capazes de lidar com o fluxo que você vai gerar. Não adianta contratar um influenciador, ele divulgar e o site cair pelo alto trafego ou acabar os produtos. É preciso dimensionar esse número de tráfego que vai aumentar e estar preparado para isso. ”



Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.