Letra de câmbio – Como funciona a letra de câmbio?

Letra de câmbio

Atualmente existem diversos tipos de investimentos para agradar a todo tipo de investidor, desde os mais seguros aos mais arriscados. Com o surgimento dos bancos digitais, é possível até realizar esse procedimento totalmente online. Neste artigo, separamos um tipo de investimento de renda fixa, considerado bastante seguro e possível para quem quer começar a investir agora: a letra de câmbio.

Veja também:

Curso Trader Academy Brasil 

É hora de investir em IVVB11? Análise

É hora de investir em FIIS? Análises no Fuds

O que é a letra de câmbio?

A letra de câmbio é um tipo de investimento que normalmente agrada aos investidores mais tradicionais e na modalidade dos mais seguros. A letra de câmbio acaba sendo considerado de renda fixa mais ainda apresenta rendimentos melhores do que poupança e às vezes até outros tipos de investimento como CDB, LCA etc. Tudo vai depender do prazo investido e das taxas prometidas e acordadas com o emissor da letra de câmbio.

Como funciona a letra de câmbio?

A letra de câmbio é oferecida por diversos emissores e funciona como se você estivesse emprestando aquele dinheiro que você investiu para essa empresa que emitiu a letra de câmbio. Ao final do rendimento você receberá o valor com juros e correção monetária e é necessário que ele fique no prazo combinado. A letra de câmbio é uma ótima maneira de diversificar sua carteira e pode vir em algumas modalidades como a de taxas pré, pós-fixadas ou híbridas.

Como declarar letra de câmbio no IR?

A letra de câmbio é um tipo de investimento que precisa sim ser declarado à receita Federal, mesmo sendo isento de tributação. Declarar a sua letra de câmbio para a receita federal é um procedimento bem simples, já que quando você estiver efetuando sua declaração, você conta com um menu específico para esse tipo de declaração. Quando você estiver fazendo a sua declaração do imposto de renda através do programa da receita federal, você deve acessar a aba de “bens e direitos” em que haverá um menu específico chamado “código”, neste código indicar o número 45 que é correspondente a “aplicações de renda fixa”, selecionar a sua localização que no caso é o Brasil, no CNPJ é importante você ter os dados da corretora/emissora em que você investiu esse valor e no campo “discriminação” você deve escrever “aplicação de renda fixa letra de câmbio”. Além disso haverá um campo indicado chamado “situação” que corresponde às datas e você deve colocar os valores iniciais e atualizados do investimento no momento.

Como calcular letra de câmbio?

O cálculo da letra de câmbio pode variar muito do prazo em que você decide investir o seu dinheiro (alguns emissores emitem letras de câmbio curtas de 180 dias mas elas podem chegar a 720). Alguns bancos ou corretoras já contam com uma calculadora para que você simule os seus ganhos, tempo de aplicação e taxas de rendimento como é o caso do banco Inter que conta com uma plataforma totalmente online. Infelizmente, os rendimentos e taxas da letra de câmbio podem variar ao longo do tempo e o jeito de calcular a letra de câmbio acaba sendo através do cálculo estimado final do seu valor resgatado menos o valor inicialmente aplicado. 

Quem é o portador na letra de câmbio?

O portador na letra de câmbio é uma função definida pelo direito empresarial como sua, ou seja, você quem é o investidor, tem a cessão temporária dos direitos de um título  enquanto durar sua aplicação e dos ganhos dele. Como esse investimento tem baixo risco, é quase nulo a possibilidade desse investimento te dar algum prejuízo.

Quem é o credor na letra de câmbio?

O credor na letra de câmbio é quem concede a espécie de cessão ou transferência dos títulos para o portador na letra de câmbio, ou seja, o credor na letra de câmbio nada mais é do que as empresas financeiras/bancos que administram os títulos para que eles possam ser investidos no mercado.

O que é letra de câmbio direito empresarial?

A letra de câmbio está diretamente relacionada ao direito empresarial justamente pela forma como suas relações são realizadas. A letra de câmbio é um tipo de investimento super abstrato mas que ainda assim é um documento formal contendo todos os relações entre a pessoa-empresa. Você pode notar que ao assinar o contrato da sua letra de câmbio, você terá que ler um longo e esse contrato sobre seus direitos e deveres.

Letra de câmbio tem FGC?

Um dos motivos da letra de câmbio ser considerado um investimento de baixo risco, é que a letra de câmbio é um dos rendimentos que tem sim  cobertura dos seus valores no fundo garantidor de crédito. Então não se preocupe, se você investir até R$250.000,00 os valores investidos estarão seguros.

Letra de câmbio Imobiliário

Diversas instituições possuem a modalidade de investimento da letra de câmbio imobiliário com os mais diversos prazos podendo ser curtas de até 180 dias ou bem longas acima de 720. Existem empresas como o banco Inter que intermediam esses essas letras de câmbio e para conseguir a sua basta selecioná-las na plataforma de investimento no aplicativo, podendo até fazer uma simulação de valores.

O que é o aceite da letra de câmbio?

O aceite nada mais é do quê um “acordo unilateral”, assinado por você, quando você aceita investir o seu dinheiro na letra de câmbio de acordo com as datas, prazos e taxas estabelecidas.

Onde é usada a letra de câmbio atualmente?

A maioria dos bancos emissores de letras de câmbio acabam não revelando onde elas são investidas, tanto que quando você optar por alguma letra de câmbio o nome dela vem com o prazo de aplicação + taxa estimada da letra de câmbio.

Veja também:

É hora de investir nas ações TAEE11? Confira

Informações valiosas sobre as ações BIDI3 

Informações sobre as ações BPAC11

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.