Mais de 90% das solicitações de seguro-desemprego foram feitas pela Internet no início de abril

Seguro Desemprego

O número de pedidos de seguro-desemprego, em março, foi 536.845, enquanto no mesmo mês do ano passado foram verificados 556.226. Já na primeira quinzena de abril deste ano, foram contabilizados 267.693 pedidos de seguro-desemprego, frente aos 310.509 contabilizados no mesmo período de 2019. No entanto, o Ministério da Economia estima que o número seja maior, pois há pessoas que perderam o emprego nesse período e ainda não solicitaram o benefício.

Saiba mais

BB e Caixa perdem exclusividade do abono salarial e seguro-desemprego

Ministro Paulo Guedes anuncia auxílio mensal de R$ 200 a autônomos em pacote econômico

Deputados querem melhorar o benefício para trabalhador que terá suspensão de contrato

Governo vai autorizar o corte de salário e jornada em até 100% – Saiba mais

Trabalhadores: Redução de salário e jornada já atinge um milhão de brasileiros

Iniciativa para retomada econômica deve criar um milhão de empregos em obras públicas

“Tendo em vista o fechamento dos sistemas Sine, temos uma demanda reprimida. O que significa isso? Ainda temos uma pequena fila, que estamos dando conta rapidamente. E essa demanda reprimida não passa de 200 mil em março e em abril, em conjunto. Portanto, temos aqui sim um pequeno aumento nos pedidos de seguro-desemprego no ano de 2020 em relação ao ano de 2019″, explicou o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco.

Do início de março até a primeira quinzena de abril, os estados que registraram maior número de pedidos de seguro-desemprego foram São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em março deste ano, os trabalhadores das áreas de serviços, comércio e indústria representam os que mais solicitaram o benefício.

O secretário disse que, ao contrário do que tem ocorrido em diversos países, no Brasil foi possível preservar empregos, mesmo com o comércio e empresas fechadas em função das medidas de isolamento social. “O Brasil, diferente do mundo, mesmo diante de uma crise, consegue preservar empregos. E aqueles empregos informais, que infelizmente não estamos conseguindo preservar, estamos preservando as pessoas e as suas famílias por meio do benefício emergencial”, afirmou.

Segundo Bianco, o governo vem trabalhando para manutenção do emprego e modernização de normas do trabalho. “Os resultados das nossas políticas não são resultados de um dia, não são resultado de políticas episódicas, não são resultado só da política voltada para a crise. Nós estamos tendo êxito, porque estamos fazendo uma política focada, uma política econômica exitosa que proporciona ao mercado de trabalho o crescimento sempre focando em três pilares: a proteção do empregado, da empresa e do empresário”, disse.

Serviços Digitais e Seguro-Desemprego

Dados do Ministério da Economia mostram que, na primeira quinzena de abril, 90,2% das solicitações de seguro-desemprego foram feitas pela Internet. No mesmo período de 2019, este número era de 1,6%. As solicitações foram feitas pelo gov.br/trabalho ou pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital.

O Ministério da Economia informa que, para dúvidas e esclarecimentos, o empregado pode ligar para o Alô Trabalho 158 ou acionar as superintendências por e-mail. No Distrito Federal, por exemplo, o e-mail é [email protected] Em cada unidade da Federação, basta trocar a sigla da UF para a do local desejado.

Na segunda-feira (27), o Governo Federal anunciou medidas que reduzem a burocracia e aumentam a agilidade na concessão de crédito a fim de reduzir impactos do novo coronavírus na economia do País.

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.