Pis/Pasep Pagamento será antecipado por conta de Coronavírus

PIS/Pasep

O Governo Federal anunciou no último dia 1º, em comunicado do Ministério do Trabalho, que todos os pagamentos do PIS/Pasep serão adiantados até junho deste ano. A medida quer evitar um colapso econômico no país devido a pandemia do novo conravírus.

Saiba mais

Caixa lança ferramenta em aplicativo para saque do FGTS

Como fazer empréstimo pessoal Nubank

Coronavírus: Caixa adota medidas para incentivar produção agrícola

Caixa anuncia medidas para o financiamento imobiliário durante quarentena

Como funciona o empréstimo online?

Santander adota medidas para minimizar impactos do novo coronavírus

Quem tem direito ao Benefício?

Os saques do Pis/Pasep estão acontecendo dos fundos de cotas depositados pelos empregadores entre 1971 e outubro de 1988. O valor médio destas cotas é de R$ 1.400,00. Os dados informados pelo empregador devem estar correto até o ano-base de 2018.

Qual o prazo para saque?

Anteriormente, o prazo seguia até 2021. Com a antecipação, os beneficiários podem fazer o saque até o dia 30 de junho.

O que precisa para receber o benefício?

Para você saber se tem direito ao resgate do Pis/Pasep você deve seguir as orientações abaixo:

PIS

O PIS é disponibilizado pela Caixa Econômica Federal para os empregados do serviço privado. O saque pode ser feito nos representantes Caixa Aqui, caixas eletrônicos da Caixa, com o uso do Cartão Cidadão e senha. Quem não possui o cartão, pode fazer o saque no balcão de atendimento das agências.

Quem ainda tiver dúvidas, pode acessar o site da Caixa e realizar perguntas específicas ou mesmo no aplicativo Caixa Trabalhador, disponível para Android e iOS.

Pasep

Os trabalhadores públicos fazem o saque no Banco do Brasil. Quem não possuir conta no BB, pode fazer a transferência (TED) sem custo no valor de até R$ 5 mil. Valores maiores o saque precisa ser feito pessoalmente nas agências do BB.

Para mais informações, é possível acessar o site do Banco do Brasil.