PIX: Cliente BS2 já pode fazer pré-cadastro de chave

Banco BS2

O BS2 começa, nesta semana, a realizar o pré-cadastro de seus clientes na plataforma PIX, sistema de transferências e pagamentos instantâneos do Banco Central, que entra em operação em 16 de novembro. Esta etapa consiste em cadastrar o CPF, endereço de e-mail ou número do celular do usuário como forma de receber pagamentos pelo novo sistema do Bacen, usufruindo de todos os benefícios do PIX. Essas informações são chamadas de “chave de identificação”.

Saiba mais

Original usa Inteligência Artificial para comunicação do PIX

Banco Inter lança novo gerenciador de investimentos a partir de R$ 1 mi

Banco Central libera Visa e Mastercard para testes com o WhatsApp Pay

Banco BS2 vê crescer em 62% o envio de dólar ao Brasil no mês de abril

Banco Central lança Pix, o novo modelo de pagamento instantâneo

Os clientes do BS2 podem fazer o pré-cadastro diretamente pelo aplicativo do Banco, sinalizando quais chave (CPF, e-mail ou celular) gostariam de vincular à conta. A partir de 5 de outubro, o Banco Central começará, oficialmente, a receber as chaves a partir das instituições cadastradas no PIX, como o BS2.

“Esta etapa do pré-cadastro mostra como estamos avançados no processo de implementação do PIX dentro do BS2. A partir de uma plataforma tecnológica proprietária, estamos preparados para levar ao mercado e ao nosso cliente um sistema moderno e eficiente de pagamento instantâneo”, comemora Fernando Radunz, CIO do Banco BS2.

Como fazer o pré-cadastro

– Abra o aplicativo do BS2

– Clique no ícone “Pix”, que aparece logo na home do App

– Siga as orientações e indique os dados pessoais que gostaria de pré-cadastrar como sua chave Pix.

– À partir do dia 05/outubro, que é a data oficial do Banco Central, você será comunicado para realizar a confirmação do cadastro!

Por dentro do PIX

O PIX é um sistema eletrônico que permite fazer e receber pagamentos ou transferências via QR Code, link ou inserção manual dos dados de pessoas físicas e jurídicas, como e-mail, número de celular, CPF ou CNPJ. Isso significa que a partir de 16 de novembro, quando a tecnologia entrará em operação, será possível realizar compras e pagar ao lojista imediatamente pelo celular, via aplicativo da sua instituição bancária, sem precisar de dinheiro, cartão de crédito ou boleto. Os órgãos governamentais também vão aderir ao PIX, para que os cidadãos possam pagar serviços e tributos de forma prática e instantânea.

Todas as transações do PIX poderão ser feitas em qualquer dia e horário – e em menos de 10 segundos. A segurança das transações é garantida pelos protocolos de segurança cibernética, prevenção à lavagem de dinheiro e antifraude do BS2, aderentes às políticas do Banco Central e instituições competentes.