Presidente do Santander sinaliza que economia sofrerá grande consequência com a crise

Crise Coronavírus

Em uma live realizada no Youtube, o presidente do Santander, Sérgio Rial, disse que nem todos os setores da economia irão sair da crise financeira causada pelo coronavírus e que muitas empresas não irão sobreviver. “Mas uma coisa é certa, a recessão”, disse.

Saiba mais

Coronavírus pode causar aumento de preços e crise econômica em grandes potências

Coronavírus: como a pandemia facilitará a liberação de crédito?

Especialista explica os cuidados ao realizar compras online em tempos de crise

Presidente do Banco do Brasil fala em privatização do banco; secretário da economia nega

Conselho Monetário libera emissão de cartões pelas fintechs de crédito

O executivo comentou sobre a visão da economia no atual cenário da pandemia. Segundo Rial, o momento não é o mais propício para entender o real impacto da crise. Entretanto, ele apontou um “efeito positivo” de tudo que está acontecendo e apontou ciência como guia para tomada de decisões.

“Nós, brasileiros, não temos condições de salvar todos os setores. Existirão sim algumas empresas que deixarão de existir”, afirmou.

Ressaltou que as decisões tomadas pelo governo estão corretas, principalmente para uma cada da sociedade que não tem meios de reagir a crise. Mas alerta que algumas decisões podem não ser necessárias e causar um prejuízo maior no futuro.

“Este é o momento em que os brasileiros têm a grande oportunidade de exercer o diálogo, e a capacidade de tentar dirimir conflitos, que vão se agravar por conta da crise entre nós. A judicialização de tudo não leva à melhor resposta econômica”, disse.

“Esta é uma crise em que somos todos perdedores, a questão é o preço da perda que queremos imputar a cada um de nós”, completa.

Cartão Kontaazul

Convite Konta Azul

Sem consulta ao SPC e Serasa, Deixe o seu e-mail.